quarta-feira, 28 de outubro de 2015

VANESSA DA MATA APRESENTA O SHOW INTIMISTA “DELICADEZA”


VANESSA DA MATA APRESENTA O SHOW INTIMISTA “DELICADEZA”


A artista faz show inédito com repertório baseado em suas várias referências  da MPB



A cantora Vanessa da Mata apresenta o show “Delicadeza”, pela primeira vez em Natal na próxima sexta-feira, 30 de outubro, às 21h no Teatro Riachuelo. No palco, ela mistura influências e músicas do início de carreira aos seus grandes sucessos.

Com um jeitinho tímido, Vanessa da Mata senta em um banquinho com a auréola de flores grandes combinando com os arranjos pendurados no pedestal do microfone. A voz aveludada vai se firmando à medida que ela aquece o público, que inevitavelmente se rende quando a cantora levanta os braços e pede para fazerem coro.

Cheia de firulas vocais, a matogrossense vai passeando por canções antigas de seu repertório como “Moro Longe”, “Fugiu com a Novela”, “Baú” e “Carta (Ano de 1890)”, passando ainda mais emoção do que seus registros no estúdio, se é que isso é possível.

Acompanhada pelo piano de Danilo Andrade e o violão/guitarra de Maurício Pacheco, Vanessa se aventura em covers de Gonzaguinha (“Espere por mim, morena”), Los Hermanos (“Samba a dois”) e até Carole King (“It’s Too Late”). Sua familiaridade com o repertório de Tom Jobim – com o qual já rodou o país na turnê “Vanessa da Mata canta Tom Jobim” – aparece em “Dindi”, um dos momentos mais emocionantes da noite.

"Tem algumas canções mais silenciosas que pedem uma introspecção. E nos shows que faço hoje em dia, em casas maiores, elas acabam sendo engolidas pelo barulho e, consequentemente, poucas pessoas ouvem seu recado. O show intimista me dá uma liberdade para experimentar e entrar nesse universo silencioso cada vez mais difícil", conta Vanessa.

O segmento em que Vanessa da Mata rearranja clássicos da “música caipira”, como “Vá para o inferno com o seu amor” “Cuitelinho” (inspirada pela versão de Nara Leão), mostra não só a versatilidade de suas influências, mas também as inúmeras possibilidades para a sua voz. Claro, quem foi esperando pelos grandes hits avassaladores da artista não se decepcionou: “Te Amo”, “Amado” e “Ainda Bem” tem seus momentos e a grande surpresa da noite veio no final do espetáculo, com “Segue o Som”.

“Delicadeza” se prova um espetáculo não só inédito, mas imperdível para fãs de Vanessa da Mata e da Música Popular Brasileira. Tanto pela intimidade que o público consegue trocar com a artista, pelos rearranjos de sucessos popularmente conhecidos e o repertório deliciosamente improvável. Essa é uma daquelas atrações que quem vê, sentirá orgulho de poder contar aos amigos no dia seguinte, ou daqui a anos.


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário