sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Final surpreendente da Novela Verdade Secretas

"Amigas me contaram que perderam maridos para as filhas", diz Walcyr

 Giselle de Almeida
Do UOL

 Desde que entrou no ar, "Verdades Secretas" causou burburinho, e não foi pouco - seja com cenas de nudez, com o famigerado book rosa, com as cenas de degradação dos usuários de crack ou com um nada convencional triângulo amoroso envolvendo mãe e filha. "Intenso" é a palavra que o autor Walcyr Carrasco usa para descrever o trabalho, que se despede nesta sexta-feira (25).

Dizendo-se surpreso e feliz com tamanha repercussão da trama, ele reconhece que mexeu com temas bastante delicados, mas que não fogem da realidade, por mais duros que possam parecer. E que chocar, simplesmente, nunca foi seu objetivo.
"Todos esses temas tiveram cuidado na abordagem, porque eu sou o primeiro espectador de mim mesmo. Não escrevo algo que possa me agredir, eu quero me sentir construtivo ao escrever. Pesquisei todos os temas polêmicos. Inclusive, agora no final, amigas minhas, próximas, me procuraram para contar que chegaram a perder um segundo marido para a própria filha. É uma história que mexe com a realidade. Pesquisei profundamente os temas ligados à droga para não dizer bobagem, pois envolvem questões médicas", afirma.
Receio de perder audiência não foi algo que passou pela cabeça do escritor, que não acredita que o público tenha se tornado mais resistente a assuntos mais fortes como os de "Verdades".
"Eu não acho que os telespectadores são conservadores. Acho sim, que eles partilham as mesmas preocupações que todos nós: vivem crises familiares, ficaram satisfeitos com a discussão sobre droga, pois é um tema que atinge de perto as famílias, e também em conhecer as armadilhas que cercam o mundo do glamour. Eu não sei de onde veio essa tese de que o público é conservador, pois é falsa. O público é constituído por pessoas como todos nós, preocupadas com a realidade difícil que nos cerca", opina.


Elogios a Camila e Grazi
Embora faça mistério sobre o desfecho da trama, já é sabido que uma tragédia está reservada para o imbróglio envolvendo Carolina (Drica Moraes), Alex (Rodrigo Lombardi) e Angel (Camila Queiroz): se nada mudar de última hora, está previsto para ir ao ar o enterro da mãe da jovem, gravado recentemente num cemitério no Rio.
Curioso é notar que, mesmo envolvendo traições e mentiras, a relação da modelo e do empresário ganhou a torcida de parte dos telespectadores. O casamento dos dois é uma das possibilidades para o último capítulo - em outra versão da história, também gravada, a adolescente sobe ao altar ao lado de Gui (Gabriel Leone).
"Eu nunca sei explicar um porquê. Sou o tipo de autor que não procurar entender, decifrar, mas compartilhar os sentimentos, intuitivamente. O público amou esse casal, talvez, por sentir entre eles uma emoção real", diz ele, que já escalou a estreante Camila Queiroz para sua próxima novela ("Candinho", na faixa das 18h). "É uma atriz maravilhosa, com um talento natural", afirma.
Destaque absoluto da reta final da trama, Grazi Massafera alcançou um novo patamar ao encarnar a problemática modelo Larissa, que emocionou com o drama da personagem no submundo da cracolândia. "Ela é uma grande estrela que teve a coragem de romper com padrões de beleza e interpretação. Merece todos aplausos", analisa o escritor.
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário